Alive

Look outside, it’s been the same everyday. The air that you breath, the rain that you take. The bus that leads you to places. I feel alive, the corpses have emerged from their coffins. I walk, and i dream, and i feel, and i learn and i forget. People give me nauseas, my shoes got wet. Forgot my umbrella. I step on the grass, i take detours from the dog shit. There are so many beggars on the street. And i sleep, and i dream again, and i wake and i keep going. Steady and back to the darkness where everything belongs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s