O Antes, o Agora e o Depois

Tudo mudou, e não preciso que ninguém acredite nas mudanças para saber que as coisas tenham mudado. Teu fantasma me assombra na luz do dia, e à noite tudo fica em paz na minha guerra. Teus olhos me enxergam antes que os meus te enxerguem. Se dissipam rapidamente no intervalo de um piscar. Olham rapidamente para outras direções. Perdi o brilho do teu olho, quando fugi comigo. Quando chego, olhos me observam com ar de medo, e dúvida. Olho para o nada e finjo pertencer àquele lugar. Histórias que antes tiravam meu sono, hoje entram por um ouvido e saem pelo outro. Já não tenho mais meus fones de ouvido, que me separavam de todas as verdades do mundo. O que restou foi a vida, em sua mais pura e complexa definição. Dura. Passos na calçada, barulho de folhas, pessoas conversando sobre diversos assuntos. Minha mente sempre distante dali. Hoje mais do que nunca. O que eu queria há quase um ano vai se concretizar. Não pensei nas consequências que isso poderiam me trazer. Tudo vai ser novo para mim, e eu que sempre gostei da mudança, admito que estou um pouco receoso. A novidade é boa, mas a comodidade de conhecer o silêncio de todos, talvez não seja a melhor coisa a se fazer; quando não se conhece a voz de todos que estão prestes a ser conhecidos. Desço as escadas rapidamente, apresso os passos descompassados. Não vejo a hora de sair do seu campo de visão e desaparecer de ti para sempre. Pergunto-me se você deseja o mesmo, ou fique sozinha pensando se um dia eu irei voltar. Vai ser melhor assim. Será?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s