Yo creo que sí, pero yo creo que no

Quantas vezes você já disse sim, com medo do que aconteceria se o ‘não’ fosse a resposta certa?

 

O certo nem sempre é o certo, a antítese também serve para o errado. Relativismo incrustado na tomada de decisões. A verdade muitas vezes se perde no tempo. Fica a poeira da mentira em que as pessoas preferem acreditar. Sim e não. Depende do interesse, do que a pessoa quer ouvir, do que ela quer conseguir, da finalidade das pessoas envolvidas. Contratos de amizade, jogos de ações e atitudes que manipulam egos vazios. Muito além do que sente, não foi o preço que se pagou. Amor e paz não costuma se negar a ninguém. O amor nem sempre é capaz de parar uma guerra, mas a paz anda em falta no mundo. Um infinito de palavras procurando informações. O desafio é saber a hora certa de dizer não. 

Sim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s