Julho

Que Julho traga todas alegrias que Junho me tirou. Que eu seja capaz de renascer das cinzas, ver cada queda como uma possibilidade de recomeçar e sorrir, pra você e para o mundo. Que não me falte amor pra viver, música pra relaxar e paz pra sonhar. Que eu nunca desista das minhas metas só porque alguém disse que não seria fácil. Que esse vazio que eu sinto seja o começo de algo que eu nunca senti e vivi, e que esse algo seja tudo e nada, independente e livre de si mesmo. Que a minha teoria se una à prática, rumo à perfeição com suas infinitas imperfeições, porque sou humano e cometo erros. E os meus erros, mais do que meus acertos, me fizeram ser quem eu sou, hoje. Amanhã já me reinventei. Seja muito bem vindo, mês de Julho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s