No meio da mata

Árvores, terras, arbustos e gravetos se misturam, emitindo ecos misteriosos. Parecem gritos, às vezes rosnados e grunhidos, aquela sensação de estar sendo observado. A trilha é úmida e o tempo está nublado. Histórias de caseiros tiranos são contadas enquanto o caminho avança e não se chega a lugar algum. O chão cheio de terra molhada dificulta a passagem, que tem que ser feita pela beirada da vegetação. Uma subida íngrime separa o que supostamente seria o fim de uma propriedade e o começo de outra. Depois, uma descida considerável até finalmente chegar na porteira do sítio. Animais vagando pelos galhos, e a garoa fina caindo suavemente na gente. Muita energia da natureza e muita paz. Silêncio e contemplação. Certas coisas não tem preço, e essa experiência na floresta com certeza é uma delas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s