Breathe

Os mesmos dilemas, com pessoas diferentes. Livro na estante, uma voz angelical veio ao meu alcance. Rezei, pedi zelo a uns chegados, orei, como há anos não rezava. Fez sol, frio e céu azul, como manda o meu roteiro. Corri, liguei, tentei alcançar, cheguei ao lugar onde os pássaros cantam e voam, você não estava lá. I love the sound of you walking away. Passo apressado, way farer preto, britânica. Canto do olhar, te vi, nos vimos, não quisestes ceder. Como sempre era só eu, sempre é, echoes. Jane Fonda, Elizabeth Taylor, Madame Bouvary, Morro dos Ventos Uivantes, Audrey Hepburn se preferir. Andy Warhol, The Velvet Underground, coisas retrô e um marlboro ao canto do sorriso, seu efeito psicodélico em mim. You’re such a mystery to me. Coágulos. Tristeza e solidão nem sempre são vazios, quando o silêncio deixado não é o meu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s