Where you end is where I begin

Há algum tempo quero escrever sobre este tema, mas faltava uma luz, um brilho que me enviasse as palavras certas. Veio ao som de Careful with that axe, Eugene. Quando gostamos muito de alguém, acabamos por criar qualidades que a pessoa querida não tem, eu mesmo faço isso muitas vezes, aliás, sempre faço. Dessa vez, não raramente, foi isto que conheceu, gostei da imagem que criei de ti, e não da pessoa que és de fato. Nos gostamos pelo fato de precisarmos de alguém, não por gostar, de fato. Pode parecer confuso, mais confuso que eu impossível, ainda assim, confuso. Foi isso que aconteceu, e nestes loucos tempos de alucinação, confiar em alguéns é quase que uma missão suicida, para a qual todos nós já fomos enviados, ao menos uma vez. Confiar em ninguém, além de si mesmo, aquele papo todo. É dificil seguir por conta própria, manter a fé nesse mundo cão. Vejo um arco-íris no fim disso tudo, um nascer do sol no topo da montanha, uma flor que arranquei ao pé da montanha, plantei, reguei e adubei. Erva daninha que podei pra que você pudesse passar. Vejo uma casa na praia, com um pôr do sol para amar as ondas e a brisa vinda do mar. Um chalé num campo perdido, com nada mais que o necessário. Cuidaremos de tudo isso até o fim dos nossos dias, novas flores vão nascer ao pé da montanha, novas brisas vão soprar. Já não estou mais aqui, nem no topo da montanha. Ficar na bad não rola, vou levar só o que foi bom, e até que foi bom. Não se tratava de relacionamento, nem de algo mais sério, era só uma coisa tão comum e banal: a necessidade de um outro alguém. Uns buscam dinheiro, outros o amor pra vida toda, hoje eu só quero e procuro a minha paz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s