O vazio que completa tudo, inclusive a falta que me faz você

Céu salmão, meu pensamento livre que toca o céu, pés no chão, mente na lua. O infinito que eu criei termina onde o despertador toca e eu me imagino distante daqui, não importa onde, sempre distante. Problemas de cidade grande, coração enorme, vontade de vencer maior ainda. Levar-te comigo por essas ruas cheias de carros, até um lugar onde possamos ver o horizonte, conhecer novos deuses, Poseidon, Vênus de Milo e quem sabe até Hércules. Além daquelas colinas e longe de tudo que eu nunca materializei, ou sequer pensei que um dia fosse existir. Particular imaginário, eu, você e outros nós, onde tocam as mais belas melodias, todas as trilhas sonoras de filmes que nós assistimos, flashback de todas pessoas que um dia passaram por nossas vidas. Todo e qualquer tipo de memória, boa ou ruim, sendo repassada numa tela de cinema, bem a nossa frente, a longa metragem termina e as cortinas se fecham. Partimos de cá, para Roma, ou um anfiteatro qualquer. Vazio azul, azul de água cristalina, que completa tudo, inclusive a falta que me faz você. Vazio e realização, felicidade dentro de si e ao mesmo tempo solidão, opostos que se atraem e se repelem na mesma proporção. Psicodelia de Floyd, Hendrix e Zeppelin, sexto sentido e premeditação. Aonde foi que meu instinto se perdeu? Em qualquer encruzilhada que eu preparei numa carta antiga, feita de papel londrinho acompanhado de um charuto de Havana. Feels like we only go backwards. Um lugar seguro e deserto onde possamos sentar nas pedras e desfrutar a beleza das águas salgadas, sentir o perfume das árvores e sentir o frio da areia encostando na pele, a maré já subiu e desceu, está quase subindo outra vez, é já que o sol se põe. Fogueira armada, cubos de coisas gostosas num espeto assando na brasa, calor do beijo e frescor do abraço. Um ombro para repousar e com as ondas do mar navegar. Sobriedade da alma, paz interior, tudo isso vai além de nós. Além de tudo que se possa tentar compreender. Você completa tudo, inclusive a falta que me faz o vazio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s