Incontáveis reflexões

Não existe ‘facilitar’ nessa eterna guerra entre razão e emoção. Ser o melhor que puder ser, não mentir, compreender ; São algumas das atitudes que às vezes não são valorizadas. Ter uma fé cega em algo que talvez nunca possa se concretizar, não confundir com esperança. Precisar do silêncio quando há dezenas de babacas falantes no recinto. Esse teto semi-furado, esse chão quase trincado. Vozes que tudo querem dizer, mas não dizem merda alguma. Fugir. Com quem? Pra onde? Como? Quando? Perguntas que pairam nesse ar melancólico. Já é díficil existir, e ainda nos pedem para viver. Definitivamente não pertenço à este lugar, sou um estrangeiro em minha própria cidade. Então qual é o meu lugar? Existe sempre um outro jeito de se poder chegar. Quero saber qual é esse jeito, e logo. Chega um momento em que a gente cansa, cansa de ser enganado, cansa de sofrer, cansa de esperar dias melhores. Chega um momento em que a gente cansa até de sentir. Sentir, esse é problema. ”Fiz tudo certo, errei quando coloquei sentimento.” Clarice, rainha. A vida aparenta ser muito cruel. Como ela ficaria se parássemos de sentir o amor?

Eu sinceramente não sei mais no que acreditar.

Anúncios

Um comentário sobre “Incontáveis reflexões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s