Era uma vez a Lua e o Vento

Quando a noite chega com uma brisa fria, a Lua gosta de brilhar imponente no céu. Às vezes o vento gosta de ofuscar esse brilho, deixando o nosso luar nublado, encoberto de nuvens. A Lua representa a mudança, de uma em uma semana, e em um mês completa seu ciclo, por isso as mulheres tem uma identificação especial e única para com ela.

O vento, por sua vez, representa tanta coisa, mas você me ensinou que o vento representa a liberdade, e todos os dias de manhã, quando a brisa fresca me atinge no rosto, eu me sinto livre por um instante, neste mundo insano, onde a nossa liberdade nos prende. Eu gostei tanto do seu sorriso, que toda vez que eu vejo a Lua brilhante no céu, eu me lembro de você.  Quando o vento soprar suavemente, lembre-se que a Lua e o vento são amigos do dia e da noite e eles se reconhecem de imediato, e um pouco mais, dia após dia. Sem eles, a noite não tem brilho, e as nuvens somem no ar.

Anúncios

3 comentários sobre “Era uma vez a Lua e o Vento

  1. Sempre que o vento soprou no meu rosto tive a sensação de liberdade, e agora, quando o sinto,é como se suas mãos me fizessem carinho, então eu sorrio .

    Eu sei que você sabe, eu sei, e todos que ja leram sabem tambem, que você escreve maravilhosamente bem 🙂 te amo, Anjo .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s