palavras numa noite qualquer

Que diabos está havendo comigo e tudo ao meu redor? Chegou ao limite, limite do quê? Aonde cheguei? Pra onde fui? De onde parti? Estaria alucinado com a ideia de alucinar-se? Perdido com a ideia de perder-se? Tem chovido muito, molhando tudo, molhando à mim e tudo que circunda. E deixo a água escorrer por aí, em cada cm de mim. Fecho as mesmas janelas de madeira antiga dia após dia. Tranco-me cada vez na minha imaginação. Imagino como tudo é ou deveria ser, imagino até o amor. Melodias ; Brisas ; Ouvi um relâmpago, esperei o trovão, e ele veio. Pelo barulho, foi perto. Uma aranha na porta do quarto, acho que a vi. Cheguei mais perto, ela sorriu, saiu pelo corredor saltitando. Pergunto outra vez : Que diabos está havendo? Ouvi dizer que é só chuva passageira, que faz questão de vir dia após dia. Costumava ser só no verão, invadiu as 4 estações. De onde veio essa melancolia? Dizem que o dinheiro não compra a felicidade, mas uma passagem para a terra do nunca cairia tão bem, com volta lá pra não sei quando. Meus olhos ardem, acho que cansaram-se de ver, a mesma página antiga de jornal. Tão jovem, mas sinto que já passei por muito mais coisas do que qualquer adulto de uma geração anterior, ou mesmo atual. Gostaria de passar numa ponte, é. Gostaria de um pouco de neve no jardim. Quero fazer um boneco de neve. Imagino bonecos, coloco cachecol e tudo mais. Pronto, fiz o boneco. Gosto de azul. Queria fazer uma música, mas não tenho devida afinação. Queria tanta coisa, gostaria de fazer tantas coisas. Quero tudo quero nada, neste silêncio completo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s